Lady

domingo, 19 de agosto de 2018

Por onde for !



POR ONDE FOR


Por onde for, eu quero ser o seu par
e com amor todinha me entregar!
Quem sabe o ardor irá regenerar
a cínica dor onde quis me afogar !

Onde estiver, serei a sua mulher
e me guardei com todo o prazer
porque sei que o amor irá acontecer
para que você seja a razão de viver !


Por onde andar te levarei comigo
para recordar este meu fiel amigo
que um dia foi minha doce ilusão !

Quem sabe ainda você dará abrigo
e então saberá como corre perigo
quem sucumbe ao fogo da paixão !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo,19-08-2018

Dócil menina !


 
DÓCIL MENINA


Oh ! Tenha piedade de mim, dócil menina,
adorada, amada e beijada seja a preceito !
Lânguida deixe a sensualidade da felina,
indomada depois do amor na seda do leito !

Avé, musa ingénua, que inspirado me deixa,
mulher de sonho, por favor, me consinta
escrever versos apaixonados e, tal gueixa,
não me recuse ser oferenda da loba faminta !

Doce, que sentimentos desperta e ilumina,
que a sua vida de amor abençoada seja
e que a felicidade, que o seu corpo deseja,

jamais abandone e apague a aura divina,
para que o mundo cínico sublime te veja
e viva mantenha a Fé no amor que almeja !



Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 19-08-2018

Porto seguro !


PORTO SEGURO


Amada minha, doce sonho de ilusão,
liberte os meus sentidos mais febris
depois tome conta do pobre coração,
amando apenas, se sentirá muito feliz!

Pelos confins da luminosa eternidade
 ao vento desesperado gritei teu nome
infinito desejo que morre de saudade
num corpo insano e cheio de fome !

Alma errante, cruzando o seu olhar puro
obtuso fiquei com tão inusitada beleza
agora, que te vi, eu tenho a certeza

que você será o meu Porto Seguro
e que, por desígneo, a infinita Realeza
quer que eu adore e ame com sutileza !


Lud MacMartinson
LMMP
luxemburgo, 19-08-2018



Suspiro perdido !


SUSPIRO PERDIDO



Eterno frenesim, que no meu sangue corre,
liberte a musa que não adolescência amei,
agora que o coração de amor por ela morre,
traga de volta tudo o que eu mais desejei.

Enquanto o Criador vida e alento me der,
meus dias eu passarei esperando a hora,
abraçando mirificamente tão doce Mulher,
resgatarei os sonhos e as ilusões de outrora !

Insano e insensato o mundo pode julgar
devaneio ingénuo na juventude perdido
ou desejo que no limbo ficará por saciar,

talvez seja apenas mais um suspiro perdido
nos meandros dos tempos do verbo amar,
que à minha vida agora quer dar sentido !



Lud MacMartinson
LLMP
Luxemburgo, 19-08-2018

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Balzaquiana

BALZAQUIANA


Livre te quero para poderes chegar
intensa e saciares a fome visceral,
lânguindo o cio até eu me lambuzar
ingénuo e cego pela Mulher fatal ! 

Não sei até quando viverei assim,
insano e pelo desejo subjudado,
tão ígneo o sinto dentro de mim
e louco pelo teu corpo sagrado !

Resgate o dejeso, mais que tudo,
e ouse ser simplesmente a dama,
que em mim acendeu a chama

me possuindo até eu ficar mudo
e saciando a libido voraz e insana
que de mim faz uma balzaquiana !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo,17-08-2018

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Olhar efusivo !


OLHAR EFUSIVO


Efusivo olhar, que o meu devora,
liberte o coração altivo dessa dama,
ingénuo e submisso queria agora
escutar a voz que por mim chama !

No corpo sinto o desejo que chora,
abrasando me todos os sentidos,
mesmo sabendo que irá embora,
ela é a deusa dos meus pruridos !

Saciado seja este meu devaneio,
quanto baste e eterno permaneça,
ungindo o sonho que tanto anseio,

ígneo fique até que eu desapareça,
tragado pelo tempo que, receio,
amor me dando, jamais a esqueça !



Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo,15-08-2018

Desquite virtual !

DESQUITE VIRTUAL
     
    

Não quero que me escreva poemas,
por favor, não pense mais em mim
cansei de suspirar por diademas,
desejo ser consumida até ao fim !

Não quero receber beijos virtuais
nem as vãs declarações de amor
prefiro sentir convulsões viscerais
me abrasar e me saciar sem pudor !.

Por isso me olvide e vá embora,
desculpe se te iludi ou te enfeiticei
me perdoe as juras, mas agora,

que por outro cara me apaixonei,
seja o samaritano de outra senhora
e dela receba o que eu nunca te dei !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 15-08-2018



Homem duplicado !


HOMEM DUPLICADO


Lobo solitário me sinto e me quero,
uivando errante pelo mundo virtual,
implorando amor intenso e sincero,
seduzindo com avidez a musa fatal !

Menino ainda, descobri o gineceu
amando ingenuamente uma Mulher
como homem e eu fosse todo seu,
empolado por tão inusitado prazer !

Depois anos a fio, vivi enclausurado,
oferecendo a Deus a minha vida,
prisioneiro de um mundo sagrado,

onde a minha vocação desvanecida
de mim fez um homem duplicado
até desfrutar uma Mulher vivida !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 15-08-2018

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Mulher livre !




MULHER LIVRE


Livre me quis para meus sonhos viver,
ingénua infeliz só me apetecia morrer !
Longe vai o tempo em que a felicidade
ígnea era e me inebriava de verdade !

Meus erros e acertos sempre assumo,
amando e prosseguindo o meu rumo,
renascendo em cada ápice de Amor,
mesmo quando afogada vivo na dor !

Agora, que a Liberdade eu conheço,
longa vida e felicidade a Deus peço
para realizar o desígneo da Mulher

que deseja saciar o corpo possesso
como tanto sonho e sei que mereço,
para intensamente exorcizar o prazer !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo,14-08-2018

sábado, 11 de agosto de 2018

Paladino errante !

PALADINO ERRANTE



Como um drogado, eu te demando sem cessar,
por ti perguntando ao vento se te viu passar!
Frustrado, percorro as vielas do meu mundo
para anestesiar e domar este medo furibundo !

Em vão, tento admitir que és amor de perdição,
mas a saudade já se enredou no meu coração
e as minhas veias ardentes e empoladas sinto,
com o sangue em ebulição no corpo faminto !

Angustiado, penso que te perdi e, resignado,
assumindo erros e desvarios de tão triste fado,
prossigo só este caminho de paladino errante !

Quem sabe se um dia, redimido do passado,
e este insano e indómito frenesim exorcizado,
eu possa finalmente ser teu amigo e amante !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 11-08-2018

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Paixão redimida !


PAIXÃO REDIMIDA


Ainda hei-de beijar os teus seios,
como tanto sonhei na juventude,
e, depois de te amar sem rodeios,
conhecer o êxtase na plenitude !

Não é por capricho que eu quero
me abrasar no fragor da tua libido,
e muito menos, para ser sincero,
te consumir como fruto proibido !

Por mais que eu tente esquecer
a musa dos meus versos pueris,
a inspiração não aceita morrer

sem se redemir dos desejos vís
por quem um dia eu quis morrer,
tão perdido me sentia e infeliz !

Lud MacMartinson 
LMMP
Luxemburgo,10-08-2018

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Adeus ilusão !

ADEUS ILUSÃO


Agora sei que jamais conhecerei o êxtase contigo,
dormindo nos teus braços por uma noite que fosse
e, para ti, apenas serei a ilusão de um bom amigo,
um poeta ingénuo que te amou e levou um coice !

Saudades sentirei, mas eu serei muito mais forte,
amando a vida e todas as mulheres deste mundo,
afrontando e desafiando a minha própria morte,
livre para me apaixonar e ficar em coma profundo.

Eterna será a minha admiração, amor e respeito,
ungida pelos astros sejas e por Deus protegida,
não esqueças que um dia amada foste e querida,

âmago de um frenesim que abalou o meu peito,
mulher de sonho, deusa e minha musa preferida,
amor que um dia foi paixão e deu razão à vida !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 09-08-2018