sexta-feira, 16 de junho de 2017

Memórias Divinas !


MEMÓRIAS DIVINAS

Vivem dentro de mim em doce adoração
memórias que um dia me fizeram sonhar
com uma musa por quem sinto admiração
e. até hoje, mesmo longe, me faz empolar!

Foi por acaso, ou talvez não, que um dia
a retina lânguida se prendeu no seu olhar,
despertando em mim a sagrada alquimia
que hipertenso me deixa e me faz delirar !

Hoje, passados tantos anos, sinto vontade
de ouvir a sua voz e de, acordado, sonhar
com a hora em que a inebriante felicidade
a minha razão quase me fizera dinamitar !

Sei que jamais serei verdadeiramente livre
porque eu vivo refém de outro amor, que tive
e me fez crescer pelo cegueira do sentimento
que quis além da dor cínica e do sofrimento !

Talvez seja meu destino, ou meu fado, viver
prisioneiro do masoquista e indómito prazer
que jamais se libertará do iníquo juramento
que a sagrada tirania amarra no casamento !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 16-06-2017

Um comentário:

Anônimo disse...


O medo é o prisioneiro...Liberte-se!