Lady

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Febre de Amor !

FEBRE DE AMOR

No seu olhar faminto carrega o vazio
do amor intenso que loba no cio a faz,
quando a libido conhece o desvario
e a sofreguidão não a deixa em paz !

Quantos devaneios insanos e desejos
que o corpo lhe empolam com ardor,
lhe pedindo para se afogar nos beijos
que sequioso e febril lhe deixam o amor !

Às noites de insónia já perdeu a conta
e às vezes que quis morrer também;
de tanto se desesperar até ficou tonta

e por pouco não se entregou a quem,
dela abusando, quase a deixou pronta
para a viagem donde ninguém vem !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 23-09-2016

Nenhum comentário: