sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Mortal Trovador

MORTAL TROVADOR

Às centenas de musas inspiradoras
o meu coração amou com ternura !
Tão belas, envolventes e sedutoras
quase derreteram a minha candura !

Desses momentos de cumplicidade
restam agora os versos que escrevi
e que testemunharão com saudade
toda a felicidade que com elas vivi !

Como poeta, sinto que morrerei só,
mas eu não quero que tenham dó
e muito menos chorem por mim,

porque tudo o que amei de verdade
fiel me acompanhará pela eternidade
até o mortal trovador virar querubim !

Lud MacMartinson
LMMP

Luxemburgo, 30-09-2016

Um comentário:

Anônimo disse...

E tudo aquilo que marcou nossa alma intensamente
irá connosco pela eternidade.

Beijo