domingo, 23 de outubro de 2016

Insana covardia!

INSANA COVARDIA

Por vezes, não sei mais o que fazer
e só sinto vontade de desaparecer
para bem longe e, tal desconhecido,
viver tudo o que me tenho proibido !

Com medo dos outros decepcionar,
deixo de viver o que me faz pulsar
e a lentamente morrer me resigno,
como se o meu amor fosse maligno !

Se esta submissão acabar de vez
com tão mórbida e maldita timidez,
que me obriga a aceitar a apostasia

e a me submeter ao suplício, talvez
um dia eu seja como Deus me fez
e me liberte de tão insana covardia !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo,23-10-2016

4 comentários:

Anônimo disse...

Dia 24/11 é um dia muito importante.
Não sabia onde te parabenizar, então vai aqui mesmo.
Desejo saúde infinitamente perfeita e realizações mil.
Feliz porque você respira, adorado poeta.
Beijo suave no Luc e na Chloezinha.

Sua admiradora anônima.
21:55hs

Lud MacMartinson disse...

Obrigado pela simpatia e pela doçura, anônima criatura !
Bjs

Anônimo disse...

Sempre serei feliz por cada respiração tua.
Emocionada, com o coração saltando do peito
com tua resposta, pensei que não tivesse apreciado.
Bjo macio em cada ombro.

Sua admiradora anônima.
21:50hs

Anônimo disse...

https://youtu.be/TeO-FCfH2sE