sexta-feira, 17 de junho de 2016

Sagrado frenesim

SAGRADO FRENESIM


Há dias qume me sinto uma flor ressequida,
outros tenho, porém, em que sou atrevida
e ouso desafiar a insanidade em mim retida
para saciar a libido que sustém a minha vida !

No ãntro da alma. me sei indomável felina,
mas quer o mundo que permaneça menina
para comigo arrastar a memória da sina
que na saudade se enreda e me amofina !

Agora, que o tempo do luto foi esgotado,
sonho com alguém que fique a meu lado
e com avidez venha colher o fruto guardado,

para que o meu corpo seja ressuscitado
por tudo o que intensamente foi prendado
e conheça o prazer do frenesim mais sagrado !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 17-06-2016

Nenhum comentário: