sexta-feira, 28 de julho de 2017

Saudade sem Fim !

SAUDADE SEM FIM


Saudade que me mata, de tanto chorar,
amada eu queria ser, mas se calhar
um dia terei que dizer adeus e me afogar
de desgosto no vazio do verbo amar !

Aos poucos, sinto que, a vida sem amor,
de saudade se veste para que esta dor
enterre de vez a Esperança e o amargor
acabe por me deixar seca e sem pudor!

Nada mais parece ter sentido e agora
até o desejo mais insano me implora
beijos e abraços para renascer em mim

e me devolver a aura da bela senhora,
livre dos pesadelos que a mente aflora,
antes de lânguir em saudade sem fim !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 28-07-2017

Um comentário:

Anônimo disse...

Amor não é um relacionamento, nada a ver com o desejo da posse.
É um local sagrado que aflora em teu peito. Uma brisa suave que fica, mesmo que tudo se vá.
Amor, é o sorriso de uma flor que desabrocha.