domingo, 30 de julho de 2017

Prisioneira da Vida !

PRISIONEIRA DA VIDA


Resgate a minha alma e liberte os meus sentidos,
para deixar de me sentir presa e flor ressequida
e poder te amar sem tabus e sem esses pruridos
que me obrigam a viver prisioneira da própria vida !

Onde quer que estiver, pense em mim e me ame,
porque, mesmo longe, o seu abraço eu sentirei :
seja o amigo confidente e no meu peito derrame
todo o carinho e a admiração de você. meu Rei !

Me deixe ser a musa de um poema vivo, sua Mulher
para experimentar a leveza e o encanto da poesia
que liberta, sublima, redime e a alma me extasia,

quando o frenesim, conhecendo o solstício do prazer
e descobrindo a suprema dimensão da alquimia,
me faz esquecer as agruras da vida que tive um dia !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 30-07-2017


Nenhum comentário: