Lady

domingo, 24 de julho de 2016

Amores Abençoados !

AMORES ABENÇOADOS


Quis o destino que muito amada fosse
e um matrimónio longo e ditoso tivesse
com um marido leal, atencioso e doce,
que sempre exorcizava a minha prece !

De amor e de cumplicidade levei a vida
e com coragem enfrentei as vicissitudes,
mas agora me sinto uma flor ressequida
e de pouco me adiantam essas virtudes !

No mais profundo de mim ecoa uma voz
que me incita a conservar a Esperança
num amor pleno de carinho e temperança,
para dissipar de vez a sofreguidão atroz

que sinto quando a saudade me invade
e me roga que não desista e seja covarde,
porque a melhor forma de honrar o finado
é saciar o desejo do meu corpo sagrado !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 24-07-2016

Um comentário:

Anônimo disse...

É incrível o quanto as pessoas se podem acorrentar
a crenças, e o quanto isso as impede de ser felizes...

A sociedade gosta de escravos...

Beijo