sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Dama de Respeito !

DAMA DE RESPEITO


Quando você doce vem e me fala desse jeito,
séria como convém a uma dama de respeito,
o amor vai mais além e se agita no meu peito,
mas o pudor me retém e ter juizinho eu aceito !

Resignado me convenço que é melhor assim,
pois manda o bom senso que não vá até ao fim,
mas mesmo se não avanço sinto dentro de mim
o desejo me deixar tenso e até meio chinfrim !

Porém um segundo basta, para tudo acontecer
e a chama que já julgava gasta se reacender,
devolvendo à minha alma casta a liberdade total:

num ápice apenas a dama em mim se enfeixa
e num cálice o seu libidinoso néctar me deixa,
me saciando com o divino deleite da seiva vital !
                                  
                         
Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 05-08-2016

Nenhum comentário: