Lady

Lover Why

domingo, 24 de julho de 2016

Vital Resiliência !

VITAL RESILIÊNCIA


Há mais de uma década que ando perdido
pelos ilusórios meandros do mundo virtual,
à procura um amor sublime, mas proibido,
que consuma esta insanidade sentimental !

Por centenas de mulheres eu me encantei
e, me iludindo, em versos imortalizei o amor
que fui sentindo, mas, quando me apaixonei,
quase morri de pânico, tão ingente foi a dor !

Hoje, já admito que esta demanda frenética
possa me levar à loucura esta ilusão patética,
tão vazio me deixa, quando a tumescência

no desespero e na frustração se consome !
No ápice em que a deiscência mata a fome,
no coração nasce a dúvida da vital resiliência !


Lud MacMartinson
LMMP

Luxemburgo, 24-07-2016

Amores Abençoados !

AMORES ABENÇOADOS


Quis o destino que muito amada fosse
e um matrimónio longo e ditoso tivesse
com um marido leal, atencioso e doce,
que sempre exorcizava a minha prece !

De amor e de cumplicidade levei a vida
e com coragem enfrentei as vicissitudes,
mas agora me sinto uma flor ressequida
e de pouco me adiantam essas virtudes !

No mais profundo de mim ecoa uma voz
que me incita a conservar a Esperança
num amor pleno de carinho e temperança,
para dissipar de vez a sofreguidão atroz

que sinto quando a saudade me invade
e me roga que não desista e seja covarde,
porque a melhor forma de honrar o finado
é saciar o desejo do meu corpo sagrado !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 24-07-2016

sábado, 23 de julho de 2016

Devaneios enclausurados !

DEVANEIOS ENCLAUSURADOS

Me dizem sedutora, poderosa, sensual e bela,
e até desejam que encontre logo um marido,
mas sozinha nesta solidão até o frio me repela
e faz sentir condenada a um mundo bandido !

Na noite fria, tudo me parece muito mais cruel
e até qualquer cobertor de orelha daria jeito
para me aquecer os pés e dar um pouco de mel
que dissipasse a dor que trago cravada no peito!

Pouco me importa que me julguem merecedora
do melhor do mundo e até de um pouco mais,
se me sinto um trapo e não vejo passar a hora

de acabar de vez com estas crises existenciais
que tanto desesperam e condenam a pecadora
a viver enclausurada por devaneios tão banais !

Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 23-07-2016

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Cumplicidade de Amor !

CUMPLICIDADE DE AMOR

Amor, Sedução, Paixão, Encontro, Encanto, Beijo, Cumplicidade


Ai há quanto tempo, eu me perdi do Amor
e o poder de seduç ão vou descuidando,
mas, assim perdida, o meu maior pavor
é não saber se ainda amarei ou quando !

Da paixão verdadeira mal conheci o gosto
e o idílico encanto rápido se desvanesceu,
mesmo assim, por um amor tudo aposto,
se ele me libertar e abrir as portas do Céu !

Um sorriso sedutor e um beijo molhado
bastariam para me encher de felicidade,
porque para que, me amem de verdade,

toda mimos serei e o meu fruto sagrado
sem pudor inteiro oferecerei na intimidade
a quem for digno de tamanha cumplicidade!


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 22-07-2016 

Sinfonia de Amor !

SINFONIA DE AMOR


Por você, meu Lorde, me fiz bela
e o meu corpo perfumei a perceito,
mas seja paciente com aquela
que será a doce rainha do seu leito !

Da minha alma sinta o perfume
e o mais sagrado tesouro adore,
antes do meu corpo sentir o lume
e a minha boca seu amor implore !

Por você, vesti a mais fina lingerie
e na fragrância de pétalas mergulhei
para sentir o beijo febril do colibri
a quem, em sonhos, me entreguei !

Venha suave como a brisa do mar
e a minha essência exale com fervor,
depois fundo me possua até eu delirar
ao som dos nossos gemidos de Amor !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 22-07-2016


Versão II

SINFONIA DE AMOR


Por você, meu Lorde, me fiz bela e o meu corpo perfumei a perceito,
mas seja paciente com aquela que será a doce rainha do seu leito !
Da minha alma sinta o perfume e o mais sagrado tesouro adore,
antes do meu corpo sentir o lume e a minha boca seu amor implore !

Por você, vesti a mais fina lingerie e na fragrância de pétalas mergulhei 
para sentir o beijo febril do colibri a quem, em sonhos, me entreguei ! 
Venha suave como a brisa do mar e a minha essência exale com fervor,
 depois fundo me possua até eu delirar com os nossos gemidos de Amor

Por isso, meu conquistador, me seduza do jeito que só você sabe
e no meu pescoço com ardor os seus poemas tão inflamados grave,
para que a minha pele sedosa  a febre dos desejos indomáveis sinta
e, te amando  sem pudor, a rosa se abra e  sacie a tua adaga faminta!

Venha cativo e em tudo submisso, atencioso, generoso e mui doce
para que cada amasso e rebuliço me exorcize antes de tomar posse
desta mulher casta, que de tanto correr atrás do principe encantado,
a alma  esqueceu num canto da vida  à espera que se cumpra o fado !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 22-07-2016

Quimera de Amor !

QUIMERA DE AMOR

" Te amo, mesmo sendo impossível te amar 
porque sem esse amor já não me acho.. "


Durante anos persegui sonhos e ilusões,
conheci amores profanos e vivi paixões,
mas depois de tudo isso, me senti perdida,
confusa e quase desisti da própria vida !

Agora, que o tempo já não me dilacera,
dou todo o tempo ao tempo da quimera,
porque sinto que o amor que tanto procuro
chegará e, mesmo impossível, será puro !

Sei que, só me perdendo, poderei me achar,
porque de longe virá a minha felicidade
e a Esperança despertará no meu olhar

até que a vida me regenere de verdade
para que, purificada, eu possa me libertar
e me aconchegar nos braços da saudade !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 22-07-2016

terça-feira, 19 de julho de 2016

Divina Chama !

DIVINA CHAMA

Por você, me fiz a mais bela,
e me despi do preconceito,
para apenas ser a Cinderela
e a rainha do seu doce leito !

Do mundo vil ouvi censura
e da família reprimendas,
mas eu me sei a mais pura
e a vida vivo sem emendas !

Que se dane esta sociedade
de cínicos reles e tão fingidos,
porque jamais serão proibidos

os sonhos, o amor e a verdade
que o corpo insano reclama,
quando sente a divina chama !

Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 19-07-2016

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Afrodisíaco Presente !

AFRODISÍACO PRESENTE

Meu Deus, diz-me porque razão,
 tão sedutora fizeste essa Mulher
e agora permiste que a solidão
venha e sufoque a sede de prazer !

Sublime e sensual além da conta,
ela é uma Eva mais-que-perfeita,
que, proibida, a alma deixa tonta
de tanto suplicar que seja a eleita !

Mulher ou musa, pouco importa,
porque, por muito que eu tente,
aquela chama que julgava morta,

me invade e me deixa tumescente,
só de sonhar com a chave e a porta
de tão doce e afrodisíaco Presente !
ou
tanto o desejo insano me exorta
a aceitar tão afrodisíaco Presente !

Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 18-07-2016

domingo, 17 de julho de 2016

Mulher Serena !

MULHER SERENA

Amor, Deus, Vida, Sorriso, Alegria, 
Coração, Sensualidade, Homem.

Por amor de Deus, te peço, tenha piedade, Mulher
e me deixe te adorar e te admirar até ficar cego,
para que da luz da minha alma possa renascer
um puro Homem que saiba te amar sem apego !

A vida me concedeu o privilégio de te conhecer
de um jeito meio ingénuo, mas também, não nego,
sentir a alquimia da tua sensualidade e um prazer
tão intenso que, de inusitado, me empola o ego !

Coração de ouro, sei que tem e muito mais ainda:
um sorriso inocente e doce, que fascina e contagia,
como se ele fosse a fonte da felicidade e da alegria !

Mulher de sonho, púdica. madura, serena e linda,
você tem o condão de despertar o melhor de mim
e de sublimar e redimir a demência deste frenesim !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 17-07-2016

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Pensamento !


Hoje, 
uma musa que de mim foge e me esnoba,
me inspirou este pensamento:

A Felicidade e o Amor só nos fazem bem
quando brilham nos olhos de mais alguém !

 Amém, bendita 
e amada seja, 
doce musa !

Que Deus lhe pague
por isto e muito mais
e de mim não apague
tudo o que me inspirais !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 15-07-2016


sexta-feira, 8 de julho de 2016

Cegueira de Amor !


CEGUEIRA DE AMOR

Sinto que cheguei ao Outono da Vida
e a solidão por companhia me resta !
Agora, que me vêem flor ressequida,
posso permitir-me uma ultima festa!

Adeus leis iníquas e tão castradoras
da Felicidade que desejei e não vivi !
Até mim venham anjas e pecadoras
e que pró inferno vá tudo o que perdi !

Quero, por dia ou uma noite que seja,
ser e viver selvagem, meus amores,
sem preconceitos ou falsos pudores

e exorcizar esta loucura que flameja,
de tanto no inferno demandar a luz
que, cego, não vejo no que me seduz !

Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 08-07-2016

terça-feira, 5 de julho de 2016

Pudorosa Musa !

PUDOROSA MUSA


Como uma deusa, eu te admiro, te adoro e venero,
mesmo quando me empolgo e piro, logo me refreio
para não te decepcionar, porque, o que mais quero
é ver a felicidade e o prazer o teu olhar deixar cheio !

Tímida e reservada, eu te sinto prisioneira do pudor
que, por mais que negues e te digas muito seletiva,
em ti retém o vulcão adormecido, para que o fervor,
te abrasando, não te incendeie e te deixe bem viva !

Por isso, no olhar resignado, carregas a frustração
de um amor que tanto anseias, mas vais ignorando,
para que a tua libido, fervendo, não perca a razão !

Como leal, submissa e doce musa, eu te agradeço
pelos versos quão sublimes que me vais inspirando,
mesmo sabendo que tamanha dávida não mereço !


Lud MacMartinson
LMMP
Luxemburgo, 05-07-2016