Lady

Lover Why

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Elixir da felicidade


ELIXIR DA FELICIDADE



Você pode fugir e me desprezar,
mas eu sei que terei  a eternidade
para te esperar, te amar e adorar
como todo o carinho e liberdade !

Em segredo, eu te darei o melhor,
e, quando nada mais restar, eu
a Deus pedirei o quilate do Amor
para merecer entrar contigo no Céu !

Há muitos séculos que te procuro
e, de vida em vida, demando elixir
que me dê de presente um futuro

em que nada me impeça de sorrir
e de realizar o melhor e, maduro,
o caminho da felicidade prosseguir !


Lud
MacMartinson

Jantar de Amor !

JANTAR DE AMOR


Hoje imaginei um jantar à luz das velas,
antes de um abraço a contar as estrelas,
para depois ir desfrutas as coisas belas,
a que só têm direito as doces Cinderelas !

Levarei comigo todo o amor que guardei
para as ocasiões especiais que eu sonhei
e que, anos a fio, neste mundo procurei
sem desfalecer, mesmo quando chorei !

Agora, que Deus me abrigou no teu olhar,
só penso em o melhor de mim te entregar,
depois de a tua alma seduzir e merecer !

Aqui me tens, sem pretensões e despojado,
para adorar e zelar pelo teu corpo sagrado
e ser, simplesmente, o teu homem, Mulher !


Lud
MacMartinson

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Eterno devedor


ETERNO DEVEDOR


Pronto, acabou: eu passei à história,
como um cachorro abandonado,
e sem julgamento fui condenado,
em processo súmario, tal escória !

Mesmo assim, eu lhe serei devedor
da cumplicidade, do prazer infindo,
e desse ápice de amizade tão lindo
em que o divino desejo se fez amor !

Por tudo, eternamente devedor serei:
dos momentos sublimes que passei
e do carinho que sempre recebi dela !

Nem por todo o ouro deste mundo,
admitirei que possa chegar ao fundo
o coração generoso dessa Cinderela !


Lud 
MacMartinson

Atração Universal

ATRAÇÃO UNIVERSAL


felicidade, surpresa, acaso, presente, carinho, sempre


Anos a fio, eu corri atrás da felicidade,
como quem corre atrás de uma ilusão,
quando, afinal, ela estava, na verdade,
bem quietinha dentro do meu coração !

O amor verdadeiro, aquele que liberta,
é sempre uma doce e inefável surpresa,
um presente tão sublime que desperta
em nós os sentimentos da divina realeza !

Na nossa vida, nada acontece por acaso,
porque tudo tem uma atração universal,
como a água, guardada dentro de um vaso,

que à flor impede de ter um destino fatal
ou como o carinho que, não perde o prazo,
no coração suscita o amor transcendental !


Lud 
MacMartinson

Covardia de Amor

COVARDIA DE AMOR


Até agora, eu tenho te olhado de um jeito angelical
e sufocado todo o prazer que em mim você suscita,
quando o seu sorriso ilumina o meu mundo virtual,
mas hoje decidi soltar os freios à tentação bendita !

Faz tempo que meus olhos não eram assim seduzidos,
e ficavam fascinados e subjugados por uma Mulher !
Você veio, ao de leve, da alma arrancar os gemidos
que, de tão preservados, a luz do dia já temiam ver !

A Deus peço que, se for pecado te amar deste jeito,
para sempre aos meus olhos feche a luz do dia
e que o coração páre de bater tão apressado no peito

que, afinal, sempre palpitou por quem não deveria !
Por isso, se amar assim é deveras um terrível defeito,
que cessem as musas de me induzir nesta covardia !


Lud
MacMartinson

Fruto sagrado ( atmo de Amor! )

FRUTO SAGRADO

boca, sorriso, alma, carinho, sonhos, sempre


Sempre que ela vem ter comigo,
logo se abrem as portas do Céu,
mas longo é o delicioso castigo
antes de saciar o desejo plebeu !

A sua boca voluptuosa deu abrigo
ao fogo que em mim nasceu,
e o sorriso me deixou mendigo
do amor que nunca me deu !

De mil sonhos a alma eu nutro,
de  carinho o corpo precisa,
mas só o mais sagrado fruto

tão sublime ebulição exorciza
e conduz ao prazer absoluto,
que o atmo de amor pulveriza !


Lud
MacMartinson

Suprema doação

SUPREMA DOAÇÃO


mote: " claro, ilusão, paixão, virtude, emoção, coração "


Do meu amado quero um compromisso claro:
que seja leal, sincero e, quando vier, intenso,
e para a eternidade fique como diamante raro,
que o corpo sagrado me iluminou por extenso !

Sei que não vivo uma ilusão, porque, acredito,
a minha alma sinto pronta para o doce sacrifício:
conhecer o fogo purificador da última paixão,
aquela que, do amor, será a virtude e o solstício !

De sonho em devaneio, julgo chegada a hora
de perder a compostura e libertar esta emoção
que, no meu peito e na minha mente, implora

pelo direito e o pelo dever da suprema doação,
por receio, tantas vezes adiada, mas que, agora,
chegado sabe o tempo de consagrar o coração !  


Lud 
MacMartinson

domingo, 29 de dezembro de 2013

Dama serena

DAMA SERENA


harmonia, cor, dedicação, família, especial, felicidade, paixão


A minha vida quero viver em harmonia,
coerente com o que sou e o que sinto,
amando e honrando, sobretudo, a família
a quem, por mais que doe, nunca minto !

Dedicação e transparência , sempre exijo,
de mim, primeiro, e a quem comigo priva,
porque, perdida a confiança, o meu juizo
e o respeito nunca ninguém mais cativa.

No meu devaneio vejo alguém especial,
que de longe virá me encher a vida de cor,
me cativando com o seu olhar angelical,
a quem eu darei o mais doce e puro amor !


Porém, só completa será a minha felicidade
quando sentir o fogo abrasador da paixão
das minhas veias libertar a sensualidade
que ao meu sedutor fará perder a razão !


Lud 
MacMartinson

Diva secreta

DIVA SECRETA


Ai musa, adorei imenso
na sua retina me colar
e até fiquei hipertenso
de tanto carinho lhe dar,

mas a Mulher eu incenso
e amo sem a macular,
porque um dia penso
o meu amor lhe dar !

Perdido em adoração,
os meus lábios ofereço
com ferverosa  devoção
e com candura lhe peço

que não ceda à tentação
pois ainda  não mereço
ser o poeta de eleição
da diva por quem padeço!


Lud
MacMartinson

Venus perdida

VENUS PERDIDA
 Sensualidade, desejo, tempo, vida,
sozinha, frágil,  insegura, mimos

 No quarto, desesperada me tranco,
para libertar a minha sensualidade
e o meu corpo ígneo deixar franco
até o desejo me abrasar de verdade !

Vénus perdida no mundo me sinto,
tão frágil, carente e mal amada,
com um sorriso à sociedade minto,
escondendo a vida amargurada !

Sozinha, sem ninguém para beijar,
o tempo aziago me trás insegura,
com a libido à beira da loucura,

de o corpo insano tanto castigar
com frenesim de mimos virtuais,
que loba me deixam a pedir mais !

Lud
MacMartinson

sábado, 28 de dezembro de 2013

Amar por inteiro

AMAR POR INTEIRO

sorriso,alegria, humildade,
sinceridade, respeito e felicidade


No meu sorriso, a alma trago estampada,
para que ninguém se engane a respeito,
mesmo sendo decidida, calma e reservada,
para proteger a quem dou abrigo no peito !

Com alegria e humildade, eu levo a vida,
transparente me quero e me sei de mais,
mesmo quando a minha alma foi ferida
por quem apenas viu os atributos sensuais !

Mulher madura me sinto, e segura também,
para ser, simplesmente, o amor de quem
me souber seduzir e conquistar primeiro !

Nada exijo, nada prometo, apenas ser fiel
aos meus sentimentos e adoçar com mel
o corpo e alma de quem me amar por inteiro !


Lud
MacMartinson

Sorriso divino


SORRISO DIVINO



Que esse contagioso sorriso
nunca deixe de encantar
quem perde o perfeito juizo
em tão límpido e doce olhar !

Que dessa boca tão sublime
saia um despudorado beijo
e semeie o amor que redime
tão volúvel e insano desejo !

Que a mão de fada, imploro
ouse perder-se sem decoro
e o sangue deixar empolado,

prisioneiro do fogo abrasador
que se despreende do pudor
no corpo de menina guardado !


Lud
MacMartinson

Alma ferida

ALMA FERIDA



Marejado, no seu olhar lívido vejo
o fantama da paixão avassaladora
que um dia lhe exorcizou o desejo,
mas que deprimida a traz  agora !

Fúlgida e fulminante, tal lampejo,
ela foi fogo e chama abrasadora
que, lhe(a) consumindo sem pejo,
 tão frustrada deixa esta senhora !

Amor que conta é o que perdura,
mesmo quando perde o encanto
ou depois se afogar em pranto !

Amor é fonte de carinho e ternura,
que ao  nobre sentimento dá vida
e cicatriza qualquer alma ferida !


Lud
MacMartinson

Prurido de Amor

PRURIDO
DE AMOR


Minha anja, me aguarde,
porque só de te querer,
o meu corpo logo arde,
e o frenesim do prazer

quase me deixa covarde
de tanto cobiçar a mulher
que me ama sem alarde
e medo tem de sofrer !

Amém, que assim seja,
enquanto o doce pecado
no fogo não for purificado,

e o fruto maduro esteja
para poder ser consumido
sem medo nem prurido !

Lud
MacMartinson

Mulher que eu ame

 MULHER 
QUE EU AME


Mulher que eu ame,
nunca me decepiona,
nem que me chame
cafageste ou cafona !

Mulher que me ame
será a minha dona,
nem que o povo infâme
a julgue manjerona  !

Nada é mais sublime
que amar uma Mulher
e por ela até sofrer

o amor que redime,
e dá vontade de morrer
no calvário do prazer !

Lud
MacMartinson