Lady

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Vida paralela !

VIDA PARALELA


Não sei por que a minha vida
é uma viagem tão atribulada,
nem por que a dou por perdida,
e no peito cravo uma espada !

Sonhador insaciável, percorro
os mundos à procura de Amor,
e, por vezes, penso que morro,
quando o desespero se faz dor !

Noites cheias passo sem dormir,
Imaginando uma vida paralela,
que logo me faça daqui sumir,

para seduzir a doce Cinderela
por quem eu ousarei me despir
de tudo para fazer amor com ela !


Lud MacMartinson
LMMP
Oceano Atlântico: 29-01-2007
Barra da Tijuca : 25-01-2016

Um comentário:

Lili maria disse...

Deve ousar,Lu...toda forna de amor vale a pena..!! AMAR ...fazer o bem a outrem como a si mesmo. adorei o poema!!!
Beijo doce