Lady

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

A Magia do Poeta




Ela é tíimida e introvertida, 
carente e anda meio perdida,
antes de ir adormecer a sua dor surrurou no meu ouvido:
" Doce, Magia, Sonho, Poeta "
e a musa, ao acordar, mandou-me escrever..




Ele diz que sou a magia,
mas divino é o seu olhar
Ai meu Deus o que daria
para nele poder acordar

Sem saber é o meu poeta
e o meu sonho de ilusão,
por ele o coração aperta
e conhece outra dimensão

Queria tanto que ele fosse
do meu corpo o cobertor,
e da sua boca um beijo doce

se desprendesse com amor
para acalmar esta tosse
por onde ecoa a minha dor…


Lud MacMartinson
LMP - Luxemburgo

4 comentários:

Anonymous disse...

Muito obrigada!
Adorei o poema :)
Agradeço a tua amizade
Conhecer-te foi um prazer
Descobrir essa sensibilidade
E em versos te entender
Beijinho
Sonho_magico

Nilza disse...

Parabéns, amei o poema, você é o amigo virtual mais real que tenho!
Você és especial!
Beijos
Nilza

Anonymous disse...

Ler-te... SENTINDO doce e real
A MUSA e teu mágico segredo...
É aroma de pétalas num roseiral
É feitiço possesso...
é cálice alegre que bebo....

Um Beijinho com carinho e muita admiração pela pessoa e pelo poeta.
"jesuisje";)

lilian disse...

O mundo é para quem ama e os poetas contemplam as "musas" ..com mesma batidas do seu coração, pulsando a rubra cor de sangue das das paixões!! Muito lindoooooo!!
Vc tem o dom do encantar, linda pessoa..bjsss!!!!!